anunciar tabela de preços enviar notícia
rede social :: login
MPF cobra solução para abandono de patrimônio histórico em São João
São João da Boa Vista|geral|21/02 13:14|1186 visualizações
Imóvel conhecido como Pensão São José corre risco de desabamento
O Ministério Público Federal quer que o poder público de São João da Boa Vista, interior de São Paulo, providencie uma solução para a situação de abandono em que se encontra o imóvel conhecido como Pensão São José, que faz parte do patrimônio histórico, artístico e cultural do município.
O prédio, que foi tombado em 2009 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental do Município de São João da Boa Vista (Condephic) encontra-se em situação crítica, correndo risco de desmoronamento.
Após um carro colidir com o imóvel em 2012, um laudo do Setor Técnico de Apoio ao Condephic declarou ser crítico o estado da casa, sendo recomendada a sua desapropriação, devido ao abandono de seus proprietários. Em 2016, a Defesa Civil interditou o imóvel, recomendado a sua demolição, para evitar possíveis acidentes em seu entorno.
Questionada pelo MPF, a prefeitura do município informou não ter sido possível repassar verbas públicas para a preservação do imóvel durante todo o período decorrido desde o seu tombamento. E alega que a proprietária solicitou licença para reforma, que foi autorizada pelo Condephic, demonstrando interesse e recursos financeiros para efetivar a obra.
Com o objetivo de proteger o bem de valor histórico para o município, o MPF instaurou procedimento número 1.34.025.000169/2017-02 e solicitou à Câmara Municipal de São João da Boa Vista, bem como ao Condephic, que sejam informadas as soluções que serão aplicadas para a revitalização e restauração da Pensão São José.
enviar notíciaenviar informaçõesenviar foto comentar

Comentar usando as Redes Sociais
21/02 14:25

Prefeitura sempre ignorou o patrimônio. Desde a criação do conselho, os prefeitos nunca deram bola. Gostavam é de demolir tudo, para ganhar votos com obras..

21/02 14:45

aquilo lá não serve mais pra nada, bota no chão e pronto.

21/02 15:11

não serve mais para nada, segundo quem?

joao
sjbv
21/02 16:04

eu

21/02 19:59

me poupe, querer ficar gastando dinheiro com aquele predio caindo aos pedaços, daqui a pouco vem falar q a prefeitura vai botar dinheiro pra reformar aquilo, sendo q pode fazer coisas mais uteis. Cuidar de predio ANTIGO é uma coisa, agora querer cuidar de predio VELHO e sem serventia é outra bem diferente.

Sebastião Neris de Oliveira.
21/02 18:31

Eu fico muito triste de ver a situação que o predio da antiga Pensão São José, foi minha primeira moradia aqui na cidade maravilhosa São João da Boa Vista, a primeira pessoa que conheci foi o Baltazar filho do proprietario da pensão, quero aqui pedir para que as pessoas envolvidas e que são respnsaveis pelo ato que tomem providências rápidas.

22/02 07:42

Ministério Público Federal já está atuando, já que a camara nao faz nada!

observador
são joão da boa vista
21/02 19:34

eu também acheo que deveria ser demolido , pois o que vão gastar para restaurar dá pra fazer um apartamento de 3 andares , pq não centraliza alguns órgão publico Ex farmácia de Remédio de alto custo , nossa vai ali na Oscar Pirajá Martins male má cabe uma pessoa lá dentro um cubicolo

Braz Cubas
21/02 22:42

Simplesmente desrespeitam ignoram o passado!!! Preservar o patrimônio histórico de uma cidade não deveria ser uma obrigação e sim um dever há memória !!!

22/02 09:47

Lugar atrasado vive de passado. Por isso que Dubai é Dubai!!!

22/02 10:59

Disse o cara que fica assistindo discovery

José Geraldo
São João da Boa Vista
22/02 05:23

Eu acho que ali está valendo a filosofia de Dona Armênia.... o certo é colocar tudo ?na chon?,

22/02 09:02

Mas e aqueles imóveis na avenida....antigo depósito alvorada e o bela vista ? Até quando vai ficar aquele salsero ??????

22/02 09:49

Aquilo recebe uns 20 mil de aluguel de indenisaçao da Sabesp por mês. Vão arrumar pra quê. Olha o tanto de estabelecimento que tem vazio na Avenida. Deixar daquele geito está dando mais lucro.

22/02 09:46

Pega uma foto e constroi outro no mesmo lugar de placas como são feitas as " casinhas" , ninguém reparará. E ficará baratinho só com um pouco de calor, mas os mais necessitados aguentam.Depois é só dar uma utilidade pra aquilo como transferir o gabinete do Prefeito pra lá.

Ana Maria Silverio
São João
22/02 11:09

Tem que ir ao chão...quase fui atropelada naquela esquina porque não tem como andar na calçada...conheço mais pessoas que quase foram atropeladas

22/02 11:13

coloca no chão e faz um predio novo.. sai mais barato, da menos trabalho e traz mais lucro com impostos.. Restaurar aquilo lá o que vai trazer de beneficio para a cidade.. R$ 1.000,00 por ano de IPTU.. Se fizer um predio de 4 andares (ja que não pode ter 30 aqui ne).. com 4 andares já da pra ter uns 20 mil reais por ano a mais no caixa da prefeitura + o imposto recolhido pelos comercio que montaram ali...

José Salomão Fernandes
São João da Boa VistaCampinas
22/02 17:13

Pessoas que querem a demolição desse prédio histórico, são ignorantes e, talvez, nem sejam sanjoanenses. Eles não têm a menor ideia da importância de sua preservação para as gerações futuras e incentivo ao turismo, que, hoje, é uma das atividades que mais gera empregos em todo o mundo. Haja visto o que acontece na Itália, Espanha, Grécia, em Portugal, Egito, etc. que são países cujas maiores rendas são provindas do turismo, devido suas obras arquitetônicasartísticas, antigas.

22/02 19:16

O cara quer comparar. Coliseu, Sagrada Família, Pirâmides com aquela coisa feia feita de Pau a Pic. Lá já existia concreto a 2000 anos. País atrasado é assim mesmo. Logo vira igreja evangélica, nova modalidade pra lavar dinheiro, churrascaria , cinema e restauração.

22/02 20:57

"Aquela coisa feia" é a construção mais antiga da cidade.

José Salomão Fernandes
São João da Boa VistaCampinas
23/02 00:09

É uma casa muito linda. Apenas tem que ser restaurada. Por ser uma das casas mais antigas de São João, é que deve ser preservada, para perpetuar a memória da cidade. Infelizmente, outros prédios artísticos antigos e lindos já foram irresponsavelmente demolidos, como foi o caso do Centro Recreativo, e do que existia na esquina da rua úlio Vargas com Praça Armando Salles, onde hoje funciona um banco. Cada país, cada cidade, tem que preservar aquilo que herdou dos seus antepassados!!!

23/02 06:25

Alguém já entrou dentro desse imóvel, pois quem quer que restaure entra lá para ver, não tem como restaurar gasta uma fortuna, está tudo caindo, cheio de cupins , paredes tudo rachada, pois a fundação e de madeira é está tudo podre, vcs acham que se não tivesse jeito o dono não teria restaurado, é esse condhepit que atravanca tudo, não faz nada para ajudar só atrapalha, tão vendo que está caindo e não fazem nada até desabar em cima de alguém

23/02 09:01

O Condephic visitou a construção e fez um laudo técnico mostrando que o restauro é viável. Sempre existem alguns sabujos que pensam que sabem mais do que os técnicos e especialistas. Mas se baseiam no ?ouvi dizer?, no ?acho? e no senso comum. Felizmente esses falso entendidos não tem poder algum além é claro, de dar palpites fora de hora e lugar. Quanto ao proprietário ele não quis restaurar, tampouco vender. Houve ofertas para comprar a residência. Tudo está documentado, procure se informar antes de tumultuar.

23/02 13:28

Por se tratar de propriedade particular, não é viável a prefeitura investir dinheiro público (nosso) para reforma e preservação de imóvel antigo que continuará sendo de particular. Já que tem muito mimimi sobre a preservação do citado prédio (não sou contra preservar, mas sim sou contra o uso de dinheiro público em propriedade particular), por que não apelam a iniciativa privada? Por que não pedir patrocínio, doação etc. O pessoal faz campanha para tudo, por que então não fazer uma campanha transparente para arrecadar dinheiro (não público) para a citada reforma??? Em contra partida, esse local poderia ser destinado a cultura, por exemplo. Todo mundo critica o dono da casa, a prefeitura, o prefeito, os vereadores, os conselhos etc, etc, mas ninguém faz efetivamente nada, muito menos tem conhecimento da lei orçamentária que deve ser respeitada, sob pena de improbidade administrativa por aqueles que infringir.

23/02 21:12

Por lei, imóvel tombado na cidade possui isenção de IPTU. Pois o proprietário teve isenção de imposto por anos como forma de estímulo para promover sua restauração. Infelizmente não fez o uso correto do mesmo. Diante disso, quem em sã consciência doaria ou faria campanha para ajudar tal pessoa? Me desculpe, mas acredito que seu comentário é um tanto ingênuo.

25/02 14:52

Vejamos, o IPTU medio de tal imovel deve ser algo em torno de 1.000,00 reais x 8 ou 9 anos ( Foi tombado em 2009 ) Aprox. 9 ou 10 mil reais. Voce tem alguma ideia do custo de uma restauracao desse imovel? Essa esmola dada ao proprietario nao paga nem... bom, sera que se fosse seu tal imovel, iria restaura-lo ? Sugestao: Compre e restaure!!!!!

25/02 15:31

10 mil reais seria suficiente para consertar o telhado e escorar as paredes de alvenaria que caíram. Enquanto as de taipa estão íntegras. A casa não estaria nestas condições e o MPF não precisaria intervir. Minha responsabilidade eu cumpro, não tenho nenhuma casa caindo em meu nome e tampouco procurador da república atrás de mim. Só um tolo para pessoalizar essa conversa, bem do tipo dos facebookeiros....

José Salomão Fernandes
São João da Boa VistaCampinas
23/02 18:39

É particular, mas faz parte da cidade. O prédio do Palmeiras também é particular, mas é admirado por todos os sanjoanenses e pelos turistas que nos visitam. A maioria dos prédios históricos da Europa também são privados. Não importa a quem pertence, é patrimônio da humanidade e o Poder Público tem o dever de preservar. Gente, tenham um pouquinho de civilidade e bom censo!!!

José Salomão Fernandes
São João da Boa VistaCampinas
23/02 18:49

Apenas um lembrete: doar áreas enormes no Distrito Industrial, de muito valor, para pessoas ou empresas ricas, a Prefeitura pode, mas empregar uma "migalha" para restaurar um patrimônio histórico que poderá alavancar o turismo na cidade, não pode. Gente tenha juízo!!!

Comentar esta notícia

comentário

(500 caracteres)

nome completo
cidade