anunciar tabela de preços enviar notícia
rede social :: login
Jogo Solidário entre a Master Brasil dia 9 de Fevereiro
São João da Boa Vista|esportes|06/02 12:16|305 visualizações
Neste próximo sábado, dia 9 de fevereiro, ocorrerá o Jogo Solidário entre a Master Brasil, que conta com jogadores que fizeram sucesso no futebol brasileiro, e o Mikail Kabelo, equipe máster da Sociedade Esportiva Sanjoanense.
A programação do evento terá início às 15h, no estádio Dr. Oscar de Andrade Nogueira, campo da Esportiva com o Show do Grupo Samba SJ, brincadeiras, sorteio de brindes, presença do Grupo de Teatro Artes Insanes, em seguida às 16h, terá início o jogo com apresentação das equipes e hino nacional. No intervalo do jogo teremos sorteio de brindes, onde também serão sorteados cinco Kits doados pelo cantor sertanejo Daniel e brincadeiras com o Grupo de Teatro Artes Insanes. Todo cerimonial e apresentação do evento serão feitos pelos apresentadores Leandro Gulin e Marcelo Gregório.
O evento tem o objetivo de ajudar a Creche Chafica Antakly e a Santa Casa Carolina Malheiros, portanto toda a renda obtida no evento será revertida para as entidades.
 
 
INGRESSOS E PONTOS DE VENDA
As entradas custam R$ 10 para facilitar a compra, a organização do Jogo Solidário ofereceu vários pontos de venda na cidade e os ingressos podem ser adquiridos nos seguintes locais:
Santa Casa Carolina Malheiros, Mais Saúde Santa Casa, Jeca Tatu (Ademar de Barros), Rubro Calçados (Rua Henrique Cabral &ndash DER), Padaria Pão de Ouro (Pratinha), Padaria Santa Rosa (Av. João Osório), Supermercado Marino (Jardim Ipê), Empório Araújo (Av. Drº Oscar Pirajá), Padaria Rainha (Centro e Mantiqueira), Restaurante da Sociedade Esportiva Sanjoanense (Clube da SES), Drogaria São Cristóvão (Vila Brasil), Charutaria Palmeiras (Av. Dona Gertrudes), Bar do Russo (Rua 14 de Julho), Padaria Nossa Senhora de Fátima (Rua da Elfusa) e Bar do Pakalolo (Bairro Alegre).
 
 
PROGRAMAÇÃO DO EVENTO
09h: Início das vendas de ingressos na portaria da Sociedade Esportiva Sanjoanense. Crianças até 7 anos não pagam. Associados da S.E.S não são obrigados a comprarem os ingressos devido ao estatuto do clube, mas a organização pede a colaboração de todos. Entrada de veículos no interior do clube será permitida somente para associados.
15h: Início das atividades como brincadeiras, sorteios de brindes e participação do Grupo de Teatro Artes Insanes (logo)
15h15: Show com o Grupo Samba SJ (logo)
16h: Início do jogo solidário e apresentação das equipes
Intervalo do Jogo: Brincadeiras com o Grupo de Teatro Artes Insanes, sorteio de brindes e sorteio de 5 Kits doados pelo cantor sertanejo Daniel (logo com a foto)
Final do Jogo: Encerramento e agradecimento ao público presente
 
 
CRAQUES DO PASSADO
O Master Brasil já está escalado com a presença de grandes nomes da história do futebol brasileiro para enfrentar o Mikail Kabelo. A seleção contará com a presença de ex-jogadores renomados no Brasil e no exterior.
 
Confira a escalação inicial do Master Brasil: Sérgio (ex-Palmeiras) Pavão (ex-São Paulo), Guinei (ex-Corinthians), Capone (ex-Galatasaray) e Júnior (ex-Palmeiras, São Paulo e Seleção Brasileira) Vítor (ex-São Paulo e Real Madrid), Galeano (ex-Palmeiras), Adhemar (ex-São Caetano) e Jean Carlos (ex-Palmeiras) Gustavo Nery (ex-São Paulo e Corinthians) e Viola (ex-Corinthians e Seleção Brasileira). Além de outros convidados.
 
HISTÓRIO DOS JOGADORES DO MASTER BRASIL
 
SÉRGIO
Sérgio Luís Araújo é considerado um dos principais ídolos da história do Palmeiras. Entre idas e vindas foram 334 jogos, com 165 vitórias, 79 empates e 90 derrotas.
Aos 22 anos estreou com a camisa alviverde, em 1992. A despedida no clube foi em 2006.
Sérgio conquistou muitos títulos no Verdão, como o Campeonato Paulista em 1993 e 1994 o Torneio Rio-São Paulo em 1993 e 2000 o Campeonato Brasileiro em 1993 e 1994 a Copa Libertadores da América em 1999 e a Copa dos Campeões em 2000.
 
PAVÃO
Marcelo Pereira Moreira, mais conhecido como Pavão, foi revelado pelo São Paulo, jogou em 1991 e de 1993 a 1996, conquistando os títulos do Campeonato Paulista de 1991, da Recopa e Copa Conmebol de 1994.
Destacou-se no Campeonato Brasileiro de 1994, onde conquistou a Bola de Prata, como o melhor lateral direito do campeonato.
Pavão ainda jogou no Atlético Paranaense e tantos outros clubes, até se transferir para o Áustria Lustenau, como a contratação mais cara da história do futebol austríaco.
 
GUINEI
Valdinei Francisco de Paula, ou apenas Guinei, foi um dos destaques do primeiro título brasileiro corintiano, em 1990.
O ex-zagueiro jogou pelo Timão em 1990 e 1991, foram 128 jogos, com 55 vitórias, 55 empates e 18 derrotas.
 
CAPONE
Carlos Alberto de Oliveira, o Capone, foi zagueiro do Mogi Mirim por muitos anos, participou do &lsquoCarrossel Caipira&rsquo e era considerado peça essencial no esquema tático do técnico Vadão.
O ex-atleta teve passagem por diversos clubes do Brasil e do exterior em destaque o Galatasaray, da Turquia, onde conquistou a Copa da Uefa, a Supercopa Europeia e dois campeonatos turcos.
 
 
 
JÚNIOR
Jenílson Ângelo de Souza, mais conhecido como Júnior, será eternamente marcado por fazer parte do elenco que foi campeão mundial, em 2002, na Coreia e no Japão inclusive, na campanha, ajudou a Seleção com gol, anotado contra a Costa Rica, na primeira fase.
O ex-lateral tem um currículo de gigante, entre tantos títulos, os principais foram no Palmeiras, quando foi campeão da Copa Libertadores, em 1999 da Copa do Brasil, em 1998 e do Paulista, em 1996. Pelo São Paulo foi campeão paulista, em 2005 Libertadores e Mundial de Clubes, em 2005 e tri brasileiro, em 2006, 2007 e 2008.
 
VÍTOR
Claudemir Vítor Marques é natural de Mogi Guaçu, é o jogador brasileiro que mais deu volta olímpica em Libertadores, foram quatro títulos no total: 1992 e 1993 pelo São Paulo, 1997 pelo Cruzeiro e 1998 pelo Vasco da Gama.
Além dos títulos sul-americanos, ele levantou, entre outras taças, o Mundial de Clubes, com o São Paulo, em 1992, os Paulistas de 1991 (São Paulo) e 1995 (Corinthians), as Copas do Brasil de 1995 (Corinthians) e 1996 (Cruzeiro), e os Mineiros de 1996 e 1997 (Cruzeiro).
Vítor ainda tem no currículo uma passagem pelo Real Madrid, da Espanha, em 1993 emprestado pelo são Paulo.
 
GALEANO
Marcos Aurélio Galeano é a cara do Palmeiras. Jogador de muita raça e disposição, foi um dos que mais vestiram a camisa do clube, 474 no total, com 244 vitórias, 118 empates e 112 derrotas, marcou 25 gols com a camisa alviverde.
Ente os principais títulos de Galeano estão o Campeonato Paulista, em 1996 a Copa do Brasil, em 1998 a Copa Libertadores, em 1999 e o Torneio Rio-São Paulo em 2000.
 
ADHEMAR
Adhemar Ferreira de Camargo Neto é considerado um dos principais ídolos da história do São Caetano, é também o maior artilheiro do clube do ABC, com 68 gols marcados.
O ex-atacante era conhecido pelo potente chute, chegou até ser convidado para jogar na principal liga de futebol americano dos Estados Unidos, para se tornar kicker (chutador), mas o projeto acabou não se realizando.
Adhemar jogou em diversos clubes, mas ganhou notoriedade mesmo no Azulão, onde conquistou os títulos da 3ª e 2ª divisão do Campeonato Paulista e foi vice-campeão da série C do Brasileiro e da Copa João Havelange.
 
JEAN CARLO
Jean Carlo jogou em diversos clubes do Brasil, mas foi no Palmeiras que teve o auge, sendo a primeira contratação da &lsquoEra Parmalat&rsquo.
No Verdão, Jean Carlo ficou entre 1992 e 1994, conquistando um Brasileiro (93), dois Paulistas (93/94) e um Rio-São Paulo (93).
 
 GUSTAVO NERY
Gustavo Nery de Sá Silva começou a carreira no Santos, mas foi nos rivais, São Paulo e Corinthians, que teve maior destaque.
No Tricolor Paulista, Gustavo Nery jogou entre 2000 e 2004, foi transferido para o Werder Bremen, da Alemanha. Retornou ao Brasil para jogar no Corinthians e viver o melhor ano da carreira, o ex-lateral foi campeão brasileiro, em 2005, e eleito o melhor jogador da posição.
Pela seleção brasileira, Gustavo Nery atuou em dez jogos, entre 2001 e 2006, conquistando a Copa América de 2004.
 
VIOLA
Paulo Sérgio Rosa, ou apenas Viola, foi revelado nas categorias de base do Corinthians, ele marcou 105 gols em 283 jogos pelo Timão. O mais marcante foi na final do Campeonato Paulista, em 1988, contra o Guarani, que garantiu o título para o time alvinegro.
Ainda no Corinthians, Viola conquistou dois títulos em 1995, o Paulista e a Copa do Brasil.
O ex-atacante foi convocado para disputar a Copa do Mundo nos Estados Unidos, em 1994, na qual o Brasil foi campeão. Viola chegou a jogar a final contra a Itália na prorrogação.
 
 
ORGANIZAÇÃO
O evento beneficente é promovido pela Creche Chafica Antakly, pela Santa Casa Carolina Malheiros e pela Esportiva Sanjoanense, através do técnico da equipe no amador e fundador do Mikail Kabelo, Antonio Carmo Evangelista, e também do diretor de futebol amador do clube, Erasmo Germinari Neto. Quem também está contribuindo com a coordenação do evento festivo é Rafael Garboça, da Garba - Assessoria e Marketing.
 
O Jogo Solidário tem o apoio: Departamento de Esportes da Prefeitura Municipal de São João da Boa Vista, Polícia Militar, Sociedade Esportiva Sanjoanense, Associação Comercial e Empresarial, Gráfica Sanjoanense, EPTV Afiliada a Rede Globo de Televisão, TV União, Rádio 92 FM, Rádio Piratininga 970 AM, Jornal O Municipio, Jornal Parabrisa, Jornal Momento Esportivo, Jess Comunicação Visual, Elfusa, Sylkar Pneus e Águas Platina. Oferecimento: Soufer, Prodem, Rubro Calçados, Big Bom, Comercial Romaju Distribom, Ford Divem, Agosto Engenharia, Gehfer, Peres Diesel, Leader Alarm, C&S Materiais Elétricos e Unifae.
 
 
Mais informações do evento podem ser obtidas na fanpage www.facebook.com/jogosolidario.
 
 
 
 
 
 
enviar notíciaenviar informaçõesenviar foto comentar

Comentar usando as Redes Sociais

Comentar esta notícia

comentário

(500 caracteres)

nome completo
cidade